Retorno ao presente

Nestes tempos « agitados », é mais importante do que nunca voltar ao presente. Eu sinto isso mais e mais. Terminada a « teoria » do momento presente, do aqui e agora, agora vamos praticar de verdade!

Para dar um exemplo concreto (o meu), percebo que esse período de confinamento faz cair todas as nossas certezas no chão e impossibilita o planejamento. (Aqui em Bélgica já faz quase 1,5 mês que estamos confinados, desde o 13 de Março). Somos convidados a conectar-se a nós mesmos e a ouvir-se profundamente, dia a dia, a fim de perceber o que é bom para nós. Percebemos que não é mais possível planejar com antecedência, de seguir um plano estabelecido com uma lógica mental.

Por exemplo, eu estava estabelecendo um plano de retornar ao Brasil para fazer educação ambiental quando o confinamento começou. Isso criou incerteza sobre a reabertura de fronteiras. Então, eu coloquei o projeto em espera.

Depois disso, comecei a pensar, tive outra oportunidade na Bélgica e comecei a trabalhar na criação deste novo projeto. Finalmente, dadas as circunstâncias atuais, o projeto não pode ser realizado antes do início do próximo ano.

Então, volto a elaborar planos e digo a mim mesma que me prepararei para voltar ao Brasil, veremos quando é novamente possível viajar.

Mas no final, acho que, acima de tudo, temos que permanecer humilde e aceitar o fato de não poder prever o futuro. O que pode nos ajudar é o estabelecimento de intenções que podem direcionar as oportunidades que surgem em nosso caminho. Mas antes, é imperativo deixar de lado essa ilusão de controle em que estamos atualmente. Eu primeira.

Portanto, reconheço que sou incapaz de controlar eventos externos. Por outro lado, posso dominar (e não controlar, nuances) como me sinto por dentro. Aprender a me ouvir, a reconhecer quando estou com medo, raiva ou tristeza e não alimentá-los mais. Voltar ao estado de paz.

Durante minhas viagens (na África, na América do Sul – eu sou da Europa), tive que aprender uma qualidade essencial, que é a adaptabilidade. Permite-nos adaptar a qualquer situação, aconteça o que acontecer (positivo e negativo). Também aprendi que o ângulo pelo qual você olha as coisas é muito importante. A mesma situação pode ser percebida de maneira completamente diferente por duas pessoas. Saber que temos o poder de mudar nossa perspectiva sobre os eventos nos permite retornar ao nosso centro e nos trazer de volta à paz quando necessário.

Então, pretendo voltar ao Brasil, ou em qualquer lugar onde minha ajuda seja útil e bem-vinda neste período de profunda transição para uma Terra florescente. Eu deixo o controle sobre os eventos, mas coloco tudo do meu lado para tornar meus sonhos realidade. Alimentando-os com intenções e visualizações positivas. Dentro do meu coração.

Todos os dias ouço as novas idéias que me surgem e as realizo. Elas vão me ajudar a construir um caminho que leva à realização dos meus sonhos.

Esse período de confinamento, quando nada se move no exterior, pode levar à inação. Do meu lado, tenho, por exemplo, mais dificuldade em me colocar em movimento e trabalhar no ritmo « guerreiro » que tive na universidade. Portanto, é importante, por um lado, se escutar profundamente, mas, por outro lado, nutrir algum tipo de disciplina benevolente que permitirá que as coisas se encaixem. Ser ambos forte e flexível, como o bambu.

Que esse período nos ajude a descobrir melhor a nós mesmos e a nos abrir para nossa maravilhosa sabedoria interior.

Vamos cuidar de nós.

Com amor,

Evelyne

Traduzido do francês pela autora.

Pour lire l’article en français, cliquez ici.

Une réflexion sur “Retorno ao presente

  1. Ping : Revenir au présent – Luminescence

Votre commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l’aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion /  Changer )

Photo Google

Vous commentez à l’aide de votre compte Google. Déconnexion /  Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l’aide de votre compte Twitter. Déconnexion /  Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l’aide de votre compte Facebook. Déconnexion /  Changer )

Connexion à %s

Ce site utilise Akismet pour réduire les indésirables. En savoir plus sur la façon dont les données de vos commentaires sont traitées.